top of page

Cara do bozo arde em chamas - por Helcio Albano


Sem legenda/Foto: Reprodução
Sem legenda/Foto: Reprodução

Hoje (22) acordamos com a notícia de que o ex-Ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi preso pela Polícia Federal (PF) em operação que investiga esquema de corrupção no FNDE. Ribeiro, que é pastor presbiteriano, é acusado de fazer vista grossa e facilitar a vida de outros dois pastores com trânsito livre no MEC.


Os já famosos Gilmar e Arilton, também com mandados de prisão expedidos, tinham carta branca para negociar com prefeituras liberação de verbas do Fundo bilionário em troca de propina. Em barras de ouro, inclusive, como denunciado por prefeitos do norte do país. E áudios vazados de Ribeiro, no exercício do cargo, revelaram que a desenvoltura dos pastores na pasta era vontade expressa do excrementíssimo da república ao ministro. Ui!



Ao explodir o escândalo, em março, o bozo disse que colocaria a cara no fogo por Ribeiro, indicado ao cargo pela esposa Micheque e turma fundamentalista que gosta de grana. Uma semana depois o ministro seria demitido. E agora a cara feia do coisa ruim esturrica de público em terreno baldio improvisado de lixão. Porque seu destino e da família são dois: a cadeia e o lixo da história. O cerco se fecha. E só lhe restará o arrego.


Matéria da Folha de S. Paulo, na esteira da operação da PF, faz um raio-x dos escândalos de corrupção dos bozo envolvendo desde as rachadinhas, passando pelos bilhões da vacina, Queiroz, mansão do 01, orçamento secreto e o escambau. Que precisaria de umas 20 Coluninhas pra dar conta.


Siga @helcioalbano

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.


POLÍTICA