top of page

No Rio, Bolsonaro num hotel, Michelle e Valdemar em outro

Os três participam do ato em Copacabana no domingo, 21

Trio ternura, só que não/Foto: Reprodução
Trio ternura, só que não/Foto: Reprodução

DCM - O ex-presidente Jair Bolsonaro e sua esposa, a ex-primeira-dama Michelle, reservaram quartos diferentes em hotéis no Rio de Janeiro, onde passarão o fim de semana e participarão de ato convocado por ele no domingo (21). Os dois estarão a uma distância de 1,3 quilômetro um do outro. A informação é da coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo.


Bolsonaro desembarca no Rio nesta sexta (19) e ficará no Pestana Rio Atlântica. Há expectativa de que ele passe a noite em sua casa na Barra da Tijuca e só durma no sábado (20) no hotel, para já estar no local do ato no dia seguinte.


Michelle, por sua vez, vai desembarcar na capital fluminense apenas no sábado, com a hospedagem agendada em quarto do hotel Fairmont. Um interlocutor do casal afirma que eles ficarão separados porque “não tem paz quando estão no mesmo hotel”, já que o ex-presidente está sempre cercado de políticos aliados e apoiadores.


Valdemar Costa Neto, presidente do PL, também vai se hospedar longe de Bolsonaro. Ele ficará no mesmo edifício que a ex-primeira-dama, já que está proibido de ter contato com o ex-presidente por ordem judicial.


Ele e Bolsonaro são alvos da Operação Tempus Veritatis, que apura o planejamento de golpe de Estado para manter o ex-mandatário no poder após a derrota nas eleições de 2022.


O evento deste domingo foi convocado por Bolsonaro para se defender das acusações contra ele. O ex-presidente quer minimizar a “minuta do golpe”, um dos documentos descobertos pela PF na investigação sobre golpe, e exaltar o bilionário Elon Musk, dono do X (ex-Twitter).


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA