Buscar

Contadora cria mapa com atrações culturais e turísticas de São Gonçalo

Leitura do livro 'Cambada', do escritor e colunista do Daki, Erick Bernardes, foi o empurrão que faltava para criar a página no Google Maps sobre a cidade

Dominique exibe o Cambada/Foto: Acervo pessoal

O Jornal Daki conheceu a contadora Dominique Franco, 29 anos, ela é nossa leitora e bastante ligada à arte. Naqueles momentos de ócio criativo, escreve e faz algumas ilustrações. E por coincidência dessas de internet ficamos sabendo que a Dominique criou um mapa mostrando os pontos turísticos em São Gonçalo no Google Maps.


De acordo com a criadora do Mapa sobre São Gonçalo, o livro Cambada (Ed. Apologia Brasil, 2019), do nosso colunista Erick Bernardes, fez com que ela conhecesse novos pontos históricos (como o Cassino do Mimi) e reconhecesse o patrimônio cultural que mora nesses boatos da nossa cidade (como a história do Luiz Caçador).


Ainda nos segredou que tem um sonho: ver São Gonçalo e sua história serem valorizados, bem como os pontos turísticos sejam conhecidos, reconhecidos e frequentados pela população.


Dominique nasceu em Diadema-SP, mas veio para São Gonçalo aos 3 anos de idade e confessa ser uma entusiasta da cidade:


- Lembro uma vez, eu devia ter uns 9 anos, em que o Colégio Municipal Ernani Faria organizou um passeio que nos levou em alguns pontos na cidade para que a gente conhece seus vários aspectos. Conhecemos a Praia da Luz, a Capela, o mangue e o Lixão de Itaoca. Não sabia até então que tínhamos praia, história, mangue e pessoas socialmente tão vulneráveis como aquelas pessoas que viviam e sobreviviam no lixão. Foi muito marcante. Depois eu conheci a história de duas mulheres inspiradoras para mim, daí em diante São Gonçalo ficou ainda mais especial: Elke Grünupp, mais conhecida como Elke Maravilha, disse que o primeiro lugar que ela esteve no Brasil foi na Ilha das Flores e a Dora Vivacqua, a Luz del Fuego, mudou e virou história na Ilha do Sol. Duas mulheres que tiveram suas vidas transformadas ao passarem por aqui", lembra.


Relatou ainda que o Cambada proporcionou a ela conhecer vários lugares de memória e reconhecer o patrimônio cultural que mora nesses "boatos" da nossa cidade. E insiste em afirmar que as crônicas que mais lhe chamaram a atenção foram: “A História de Luiz Caçador: fábula ou testemunho” e “A ponte o passado e os vãos”, pois combinam com as narrativas históricas que ela mesma já havia escutado e, claro, também porque a escrita do Erick relata de maneira mais profunda, criativa e emocional a possível história do local.


- Vi a entrevista com o Erick Bernardes no canal do Matheus Graciano, no YouTube, falando sobre o livro “Cambada: crônicas de papa-goiabas” para complementar minha leitura. No mesmo dia, encontrei nesse mesmo canal o Matheus explicando como criar mapas no Google Maps. A partir daí resolvi criar o mapa - revela Dominique.


Para quem não conhece a ferramenta, o Google Maps é a página de mapas e busca de lugares via Google, bastante usada para buscas e “passeios virtuais”.


Mas, depois que Dominique descobriu que podia salvar seu próprio mapa, a primeira coisa que lhe passou pela cabeça foi criar o mapa com pontos turísticos de São Gonçalo.


- Meu objetivo ao elaborar o mapa era fazer que a história e pontos turísticos gonçalenses fossem conhecidos, reconhecidos e frequentados pela população. Sinto que auto-estima do gonçalense é muito baixa e a nossa identidade municipal é muito limitada por piadas auto-depreciativas e essa falsa noção de que se trata de uma cidade dormitório e que bonito e bom mesmo são as outras cidades ao redor. Temos Feira Literária (FLISGO) e Festival de Cinema (Cine Tamoio) anualmente, por exemplo, e parte da população desconhece.


Contudo, informou que o seu sonho mesmo é que de alguma forma a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e a Fundação de Artes de São Gonçalo utilizassem esses dados para fomentar, divulgar e viabilizar a visitação desses lugares.


O diferencial na ideia dessa gonçalense raiz é que, no mapa criado por ela, as pessoas são capazes de ver graficamente o tanto de coisa interessante que se pode realizar em prol do nosso município e, inclusive, navegar no mapa através de categorias como: “Atividades Culturais” e “Belezas Naturais.


Os leitores do Daki poderão entrar e pesquisar no site do Googlemaps pelo link encurtado: https://bit.ly/2NeESs2 ou link original: https://www.google.com/maps/d/u/0/edit?mid=112sn-BPmIdk81fiSM7ZEGQ_4K-EsAb8l&usp=sharing


 O Daki parabeniza Dominique Franco, por somar esforços em favor do nosso município. E que venham mais ideias como essa, tudo isso motivado pela leitura das "Crônicas de papa-goiabas", publicadas aqui, todo domingo, em nosso jornal.



MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon