top of page

Deus tem o controle de todas as coisas - por Pastor Alair Lima


Reprodução Internet
Reprodução Internet

Alguém pode achar que diante de alguns acontecimentos ou tragédias ocorridas Deus em algum momento perdeu o controle, perdeu a mão.


Afirmar de que Deus está no controle de todas as coisas é declarar a soberania e a onipotência d’Ele. Uma observação muito importante: não podemos confundir a vontade soberana do Senhor com a vontade permissiva de Deus.


O Senhor permite ao homem tomar as decisões que quiser; quando Ele está dando essa liberdade ao homem para tomar decisões, de maneira alguma está perdendo o controle das situações.


Davi diz no salmo 24 assim: “Do Senhor é a terra e tudo que nela existe, o mundo e os que nele vivem”. Com isso, o discurso de que o mundo espiritual está ameaçado pela atitude de alguns cristãos não cola muito; nada pode impedir que os projetos de Deus se concluam, e cada um prestará conta dos seus atos aqui na Terra.


O Senhor dá liberdade ao homem para escolhas, e cada um assumirá todas as consequências. Desde o início da humanidade Deus agiu assim; lembra quando o primeiro casal preferiu desprezar a ordem de Deus para ouvir o que o inimigo de nossas almas (apresentado como serpente) falava?


Quando dizemos que Deus tem o controle de todas as coisas, estamos afirmando que Ele tem o controle do mundo espiritual mas também do mundo natural. Nada se perde do controle da mão de Deus; Ele é o criador, e tem total controle de toda sua criação.



Certo pregador já disse: “Deus tem o controle e o homem tem o Comando”. Eu aperfeiçoaria isso dizendo assim: Deus tem o domínio sobre todas as coisas, mas ele permite ao homem tomar as decisões que quiser, e o Senhor com a sua Soberania pode intervir na história a hora que desejar.


Então quando uma pessoa diz assim: “Nosso país, nossa cidade pertence a Jesus”, é importante pensar que Ele tem o controle não só da nossa cidade e do país, mas de todo universo.


Então você pode questionar dizendo: então tudo depende só de Deus? Não é bem assim. Os desígnios eternos do Pai se cumprirão fielmente; tudo que Ele planejou irá se cumprir, e cabe ao homem estar no centro da vontade de Deus. Paulo falando aos romanos diz que a vontade do Senhor é boa, perfeita e agradável, e isto independe das circunstâncias em volta.


A vontade de Deus sempre prevalecerá, e ela é boa, perfeita e agradável.


Neste ano que está chegando precisamos nos esforçar para estar no centro da Vontade do Criador.


Está aí um conselho, heim!


Um feliz 2022, no centro da Vontade de Deus!

Pastor Alair Lima é diácono da Igreja Batista do Jardim Alcântara e diretor do jornal Letras Evangélicas.





POLÍTICA