top of page

Não subestimem a força do PT nas eleições de São Gonçalo

Por Helcio Albano

Evento de pré-candidatura de Dimas Gadelha no Clube Mauá/Foto: Reprodução
Evento de pré-candidatura de Dimas Gadelha no Clube Mauá/Foto: Reprodução

Na sexta (21), no Clube Mauá, a Federação Brasil da Esperança, liderada pelo PT, e partidos aliados, realizaram uma grande festa de lançamento da pré-candidatura do médico e deputado federal Dimas Gadelha à Prefeitura de São Gonçalo.


Pesos pesados da política local, regional e nacional marcaram presença no palco. E o espaço ficou pequeno pras milhares de pessoas que "sextaram" no evento, provando [mais uma vez] a força e o poder de mobilização petista na cidade. É impressionante!


Quem acha que a eleição é mamão com açúcar, e favas contadas pro capitão, vai quebrar a cara.


A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, disse em alto e bom som que Dimas é prioridade de Lula e do partido no Rio de Janeiro. E que numa eventual vitória do médico sanitarista, São Gonçalo pode receber mais "2 ou 3 cedaes" de investimentos do governo federal no município. Ou seja, de R$ 2 a 3 bilhões em recursos pra educação, saúde e principalmente obras de infraestrutura.


LEIA MAIS


Agora, "a comunicação da campanha tem que encaixar", avaliam interlocutores, "que aí é segundo turno certo, e uma outra eleição".


São necessários 150 mil votos pra uma candidatura chegar ao 2º turno. O PT, segundo estimativas, já entra na eleição com 120 mil votos. O número de votos conseguidos por Haddad em 2018 no pior momento do partido em sua história.


E, pra engrossar o caldo vermelho, amarelo, verde e azul da campanha, tudo leva a crer que Aparecida será a vice de Dimas. Odiada por uns, mas amada pela maioria dos gonçalenses, ela mostrou que continua afiada. O seu carisma é imbatível.


Quando essa mulher for pra rua, ninguém segura.


Plus

Ouça trecho de discurso de Aparecida no lançamento da pré-candidatura de Dimas Gadelha (PT) à prefeitura de São Gonçalo.



Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.

POLÍTICA