top of page

O Rio, suas Perdas e o caos - por Pastor Alair Lima


Avião da Panair sobrevoa a Baía de Guanabara/Anos 1960
Avião da Panair sobrevoa a Baía de Guanabara/Anos 1960

Desde o tempo em que o Rio de Janeiro deixou de ser a capital, o estado Rio vem experimentando derrotas lastimáveis.


Lembro-me muito bem ainda pelos anos de 1990 quando ouvia os Debates Populares do programa Aroldo de Andrade na rádio Globo já se falava muito das perdas que o estado vinha sofrendo, ida da capital para Brasília, vários voos internacionais provenientes de Paris, Nova Iorque, Londres, Milão e outras cidades importantes no mundo que deixaria de aterrissar na cidade do Rio e aterrissando somente na capital paulista. Os motivos: melhor logística e grandes empresas que se transferiram suas sedes para a cidade paulista.


Não é de hoje que o estado fluminense vem acumulando derrotas significativas para outros estados, lembra das salinas da região dos lagos? O nordeste já ganhou a concorrência há muito tempo, as salinas, praticamente, já não existem mais, sofre a economia, sofre todo o estado.


Parece que o estado do Rio sentou em cima do conforto da política de distribuição dos royalties e acomodou, agora que acabou estamos neste caos. Nossos governantes não prepararam o estado para as evoluções necessárias e o estado agora não consegue competir, perdemos até concorrência agora para o estado menores como o vizinho Espírito Santo, somos fraquíssimos na agricultura, colhemos um pouquinho das hortas na região serrana, muito pouco pela dimensão do nosso interior.



Até no Futebol onde os clubes cariocas sempre mostraram sua força, prova disso é o gigantismo das torcidas de Flamengo, Vasco Fluminense e Botafogo em toda a extensão do país, não tem acontecido mais assim.


Uma das explicações para a força dos clubes cariocas é que num tempo passado, quando o rádio tinha sua força, as ondas das rádios do Rio chegavam em todo o interior do país e então o povo do interior ouvia somente os jogos de Vasco, Flamengo, Botafogo e Fluminense, sendo assim os clubes cariocas se solidificaram muito.


Hoje os clubes do Rio perdem para clubes de menores tradições, que neste presente e se estruturaram melhor e conseguem resultados melhores do que os cariocas, provavelmente, o melhor exemplo disso é o Atlético Paranaense.


Para consolo nosso, pelo menos por enquanto, no último final de semana, quando se iniciou mais um campeonato brasileiro, algo muito interessante ocorreu, algo que a última vez que aconteceu na primeira rodada brasileirão foi no ano de 1971.


Mais de 50 anos, os 4 clubes cariocas, venceram na primeira rodada, fica a torcida para que os clubes cariocas consigam fazer um grande campeonato brasileiro, isso é muito importante para o nosso estado, e que o nosso estado consiga resultados mais favoráveis para o bem do nosso povo tao amável.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Alair Lima é Pastor Presidente da Primeira Igreja Batista de Jardim Alcântara desde janeiro de 2011.


POLÍTICA