top of page

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

No site do IBGE é possível confirmar se o recenseador está mesmo apto para o trabalho de coleta dos dados


Foto: Divulgação/IBGE
Foto: Divulgação/IBGE

Brasil de Fato - Começou no dia 1º de agosto o Censo Demográfico 2022, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cerca de 200 mil recenseadores visitarão quase 90 milhões de endereços nos 5.570 municípios do país, pelo menos até o mês de novembro deste ano.


Para identificar os recenseadores, fique de olho nas dicas do próprio IBGE. Segundo o Instituto, os entrevistadores devem estar sempre identificados com um crachá contendo o nome completo e a matrícula.


Tendo acesso a essas informações, é possível confirmar se aquela pessoa está de fato a serviço do Censo, registrado e apto a fazer a coleta de dados. Para isso basta acessar este link e inserir as informações ou entrar em contato com o IBGE pelo telefone 0800 721 8181.




Além do crachá, os trabalhadores podem estar usando colete, boné e uma bolsa com a identidade visual do Censo. Eles possuem em mãos, ainda, o Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), que é um celular disponibilizado pelo Instituto para que as informações sejam digitalizadas. O IBGE também disponibilizou máscaras descartáveis aos recenseadores.


Porém, como o Censo 2022 havia sido planejado para acontecer em 2020, alguns destes utensílios de identificação podem estar desatualizados. Sendo assim, alguns recenseadores usarão um colete escrito "Censo 2020", por exemplo.


Além disso, os recenseadores também possuem em mãos o Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), que é um celular disponibilizado pelo Instituto para que as informações sejam digitalizadas / Divulgação IBGE
Além disso, os recenseadores também possuem em mãos o Dispositivo Móvel de Coleta (DMC), que é um celular disponibilizado pelo Instituto para que as informações sejam digitalizadas / Divulgação IBGE

Em cada residência, um questionário é aplicado. Existe um questionário básico, que possui 26 quesitos, e um questionário ampliado, que contém 77 questões a serem respondidas. O que define qual você irá responder é um sorteio feito pelo próprio sistema do Censo. O questionário básico é aplicado em cerca de 89% dos domicílios, enquanto o ampliado é respondido em cerca de 11%.


Caso você não possa receber o recenseador no horário em que ele bateu à sua porta, você pode reagendar a entrevista com o próprio trabalhador. Se você perdeu a visita, por não estar em casa, por exemplo, o recenseador deverá retornar à sua residência.


O IBGE prevê que os primeiros resultados do Censo sejam disponibilizados ainda no final deste ano, mas outras análises mais complexas, que necessitam de outros cruzamentos de dados, serão divulgadas somente nos próximos anos.


O Censo 2022, que foi adiado por conta da pandemia da Covid-19 e de cortes orçamentários do governo federal, será responsável por contar a população brasileira atual, além de levantar dados como faixa etária, gênero, raça, educação, trabalho, mortalidade, entre outras informações importantes.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.



POLÍTICA