top of page

Seu cachorro treme o tempo todo? Descubra o motivo e como resolver

Os muitos motivos para seu cachorro tremer são diversos. Descubra quais são os mais frequentes e veja o que fazer caso isso aconteça


Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Ver um cachorro tremendo não é algo incomum na vida dos seus tutores. E são vários os motivos para as tremedeiras ou tremores, que vão dos mais óbvios, a tentativa de se aquecer em dias frios e até condições mais graves, como febres e intoxicações. Quando um cão está tremendo, ter preocupação é mais do que natural: toda pessoa responsável pelo animal tem interesse em descobrir quais são os motivos e claro, encontrar formas para resolver o problema, ou pelo menos amenizar as tremedeiras e o desconforto.



E como na maioria das causas pelas tremedeiras em cachorros é corriqueira, também podem revelar algumas condições mais delicadas, em especial quando os tremores são de forma súbita ou são acompanhados por outros sintomas. Confira as causas mais frequentes das tremedeiras em cachorros:


A febre é mais um sintoma e não é uma doença propriamente dita. Vale lembrar que a temperatura corporal dos cachorros varia de 38°C e 39,5°C. E para nós, um termômetro indicando 37ºC indica um estado febril e a mesma temperatura, para os cães, pode indicar hipotermia;


O medo, a ansiedade e o estresse na maioria dos cães por não gostarem de alterações súbitas no cotidiano, nas quais eles reagem com sinais de medo, incluindo agressividade e em outros casos, tentativas de ataque, tentando escapar e tremendo. Essas tremedeiras acontecem também em ocasiões onde os peludos preveem um comportamento que causa incômodo ou é inconveniente para eles, como agarrar, abraçar, levantar a grandes alturas.


E a velhice, que é considerada a partir dos seis ou sete anos, onde os cães se tornam idosos e o aparelho muscular não reage e nem é renovado com rapidez. Tornando os movimentos mais lentos, mesmo entre os animais sem problemas de mobilidade. O tônus muscular dos cães se torna mais lento aos estímulos, podendo provocar tremedeiras;


E as intoxicações, sendo o motivo mais perigoso. Em algumas plantas decorativas em nossas casas, como comigo-ninguém-pode, azaleia e bico-de-papagaio podem causar intoxicações aos cachorros. Porém, o risco maior está na ingestão de produtos de higiene e limpeza, alho e cebola, chocolates e bebidas alcoólicas.


O que fazer quando meu cão estiver tremendo? Em casos de cães friorentos, precisa providenciar um cantinho confortável e aquecido, longe de vento. E os cachorros que vivem em ambientes externos, é importante que eles tenham uma casinha confortável. Todos os cachorros podem sofrer com temperaturas baixas, porém, como regra geral, os cães de pelo curto, os de pequeno porte, os filhotes e os idosos precisam de maior proteção contra o frio.


*Com informações UOL


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

POLÍTICA