top of page

A guerra de Gaza ao Complexo de Israel

Por Helcio Albano

No alto da Cidade Alta, na Zona Norte do Rio, os criminosos colocaram uma estrela de Davi — Foto: Reprodução
No alto da Cidade Alta, na Zona Norte do Rio, os criminosos colocaram uma estrela de Davi — Foto: Reprodução

O mundo está em guerra. Além do banho de sangue que ocorre em Gaza, envolvendo israelenses e palestinos, são pelo menos + 15 conflitos quentes e sangrentos em todos os continentes do planeta. E grande parte deles no Oriente Médio, tendo como pano de fundo diferenças étnicas e religiosas.


As três maiores religiões monoteístas (cristianismo, judaísmo e islamismo) guerreiam entre si e contra si. Na Palestina o bicho pega pra valer entre judeus, árabes e persas cristãos e islâmicos, desde 1947, quando foi criado o Estado Sionista de Israel, que desde então vem ocupando e colonizando a região com a expulsão sistemática dos palestinos de suas terras.


As guerras no subcontinente atormentam ainda as populações de países como Síria, Iêmen e Afeganistão que, juntos, já enterraram mais de 1 milhão de cadáveres de muçulmanos xiitas e sunitas e de cristãos ortodoxos nos últimos 20 anos.



Na África, os jihadistas do Estado Islâmico seguem em batalha no Mali, Níger, Burkina Faso, Somália, Congo e Moçambique dentro de um contexto religioso e anticolonial. Já Etiópia e Sudão do Sul sofrem com conflitos étnicos internos fruto do retalhamento desses países feito pelas potências europeias no século XIX.


Além da guerra entre Rússia e Ucrânia no leste europeu, Armênia (cristã ortodoxa) e Azerbaijão (muçulmano) se trucidam pelo controle de Nagorno. No Oriente extremo, Mianmar entrou em guerra civil.


E aqui, no nosso quadrado, temos que lidar com a "guerra às drogas". Agora também com componente religioso com o surgimento do "Complexo de Israel".


Pra quê meteoro?


Siga @helcioalbano


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.



POLÍTICA