top of page

Menina, mulher bem-vinda - por Rubenir Pedro Ru


Foto: Acervo
Foto: Acervo

Bom dia, boa tarde, boa noite, povo da paz do Jornal Daki, minhas saudações.


Nessa semana, na região oeste do Rio de Janeiro, ataques terroristas milicianos, meios de transporte foram incendiados aterrorizando a população, deixando todos nós apreensivos e indignados com a falta de segurança.


Do outro lado do mundo a guerra não dá trégua, Ucrânia x Rússia deixou as manchetes, até parece que não existe mais.


A angústia bate no peito, quando nos chegam imagens da Palestina.


Uma guerra insana entre Israel e o Hamas.


Na terra do tio Sam, mais um ato de violência em Lewiston onde várias pessoas são assassinadas por um desvairado armado.



Os reis do armamento estão rindo.


Inocentes pagam e sofrem com a falta de respeito aos seus direitos básicos.


Mas, a vida com a graça de Deus, não cessa de crescer, por mais que tentem destruí-la.


Recebemos com alegria a chegada da Ella, bisneta de nossos primos Rubens e Cristina. A tia Joanésia, (já escrevi sobre ela aqui) estava lá pra receber sua primeira tataraneta. No auge dos seus quase noventa anos viaja até a Califórnia (E.U.) para saudar mais uma vida em família. Isso é uma grande alegria, ver tantas gerações juntas.


Esperamos que a Ella nos ajude a encontrar a Paz.


A poesia e a música dessa semana, menina e mulher, bem vinda!


Gostaria também de oferecer ao Coletivo Ela (Educação Liberdade de Aprender), onde a luta por uma educação livre de preconceito e com a valorização da vida e da mulher é o foco e a sua participação na CONAE (Conferência Nacional de Educação) etapa municipal.


Minha vida sempre esteve cercada de mulheres fortes e dedicadas.


Que a Ella receba muito amor e que superemos a angústia, aflição, medo e falta de empatia. Que a educação seja o caminho.


A Paz seja o nosso objetivo sempre.


Menina e mulher, bem vinda!


É Ella! É Ella, é Ella, é Ella!

Filha, neta, bisneta, tataraneta

Prima e irmã!

Deixa a gente feliz!


É Ella, é Ella, é Ella, é Ella.

Dureza do ferro

Beleza da rocha

Estrondo do berro

Luz de uma tocha!


É Ella, é Ella, é Ella, é Ella

Num mundo de guerra

Nasce a donzela

Longe da sua terra

São flores belas

Que a vida revela

Em alegria sem fim

Na chegada dela

E de outras,

Que hão de vir,

Pra alegrar nossos corações

Compor lindas canções,

Fortalecer paixões

Continuar as gerações


É Ella, é Ella, é Ella, é Ella…

Bem vinda! É Ella…


Rubenir Pedro Ru - 2023

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso canal do Telegram AQUI.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Rubenir Rocha – Pedro Ru é Poeta Musical e membro do Coletivo ELA – Educação Liberdade para Aprender / Facebook e Instagram: Rubenir Pedro Ru. Programa Clarins do Povo – https://www.facebook.com/rubenir.pedroru



POLÍTICA

KOTIDIANO