top of page

Com Ramagem está todos os segredos dos Bolsonaros

Por Helcio Albano

Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil


Mais um caso escabroso alcança um parça do bozo. E não qualquer um.


O deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), chamado às falas pela Polícia Federal no caso Abin, é do núcleo íntimo, duríssimo, dos Bolsonaros. Nada mais, nada menos, que o chefe da segurança do coisa ruim no episódio da facada em Juiz de Fora em 2018. Que só não foi alçado a diretor-geral da PF em 2020, devido a intrigas palacianas envolvendo o marreco de Maringá e o posterior veto do xará, o Moraes, no STF.


O Xandão já sabia das coisas.



Sem poder usar a PF para fins espúrios e, principalmente, para proteção da famiglia & Cia da zona oeste, o então presidente dá a Ramagem a Abin, agência federal de inteligência, onde, suspeita-se, foi montado o maior aparelho de espionagem clandestino da história do Brasil, a ponto de dar inveja aos gorilas do SNI da ditadura militar. Aqui vale aquela máxima: quem não tem cão, caça com gato.


LEIA MAIS


E, assim, a Abin, munida de equipamentos de espionagem ultrassofisticados fabricados em Israel - com as digitais de aquisição do Carluxo - bisbilhotaram a vida de mais de 30 mil pessoas de todas as patentes da república. Até a promotora responsável pelo caso Marielle foi espionada. Por quê, né?



Tudo isso, meus amigos, emula o Tropa de Elite 2, que a cada dia que passa me convence ainda mais ter sido uma profecia do apocalipse miliciano no Brasil a partir do RJ.


É um escândalo de proporções até difíceis de mensurar. E saber que o Ramagem estava sendo preparado para concorrer à prefeitura do Rio pelo PL.


Com ele está todos os segredos dos Bolsonaros.


Desde aquela tarde de 6 de setembro e 2018...


Siga @helcioalbano


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua. 


Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.



POLÍTICA