top of page

Literatura e pintura são destaques no Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara em Piratininga

O projeto teve como base as histórias dos livros "Cambadas", do escritor Erick Bernardes


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No último dia 21 de novembro, o Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara, localizado em Piratininga, Niterói, realizou a culminância de um projeto que durou um ano inteiro, tendo como base as histórias dos livros "Cambadas", do escritor Erick Bernardes. Sob a liderança da professora Valéria Caldas, o projeto teve como objetivo proporcionar o prazer de aprender a história local por meio do lúdico e da arte.


Durante o projeto, os alunos do Ensino Fundamental realizaram pinturas nos muros da escola, elaboraram cartonagens com motivos de caranguejos. Além disso, diversas lembrancinhas foram produzidas, como agendinhas customizadas, pinturas em guaxe e canetas.


A culminância do projeto foi marcada pela visita do escritor Erick Bernardes, que teve a oportunidade de narrar aos alunos o seu processo de criação. De acordo com a professora Sheila: "Foi uma tarde recheada de histórias e aprendizado. A professora Valéria proporcionou aos alunos a oportunidade de fazerem a releitura de imagens com técnicas diferentes e depois terem um encontro com o autor do livro Cambada que inspirou o trabalho. O escritor gonçalense conseguiu encantar a todos com algumas das histórias que fazem parte da nossa região".



A professora Valéria Caldas afirmou que sempre procura dinamizar as aulas de Artes, com uma ótima leitura. Conforme afirma "Escolhi o livro Cambada, de Erick Bernardes, por proporcionar viagens aos bairros de São Gonçalo e por causa da força que o povo gonçalense tem. Desperta a curiosidade e a imaginação! Usamos as técnicas do grafite e da xilogravura em camisas, trazendo singularmente imagens do famoso caranguejo. Foi uma tarde muito produtiva e maravilhosa!"


Na opinião do escritor Erick Bernardes, "é muito prazeroso ver as crianças e os pais dos alunos se interessarem por histórias que falam das suas regiões, mais legal ainda são os questionamentos, as contribuições que surgem dos alunos. Estou muito satisfeito com a repercussão, principalmente pelo carinho com que fui recebido pela equipe do Dom Hélder Câmara. Eles trabalharam muito nesse projeto durante o ano, o resultado está aí: sucesso total".


Entre as histórias compartilhadas pelo autor no evento, destacam-se a construção da Ponte Rio-Niterói, a corrida de automóveis de Neves e os significados dos nomes de origem tupi, como o próprio bairro Piratininga, que significa "lugar de peixe seco", onde está situado o colégio.


O encontro cultural demonstrou o interesse crescente das escolas e instituições pelo Leste Fluminense, em especial pelo município de São Gonçalo, e suas histórias e tradições, que estão despertando o interesse dos estudantes. Como afirmou o jornalista Hélcio Albano, "a cultura gonçalense está na moda", e o projeto do Colégio de Aplicação Dom Hélder Câmara é um exemplo inspirador desse movimento.


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.