top of page

Lula tem razão

Por Helcio Albano





"Lula tem razão".


Essa expressão ganhou os "trends topics" do mundo depois da declaração do pernambucano de Caetés feita no último domingo (18), na Etiópia, denunciando o genocídio sionista contra o povo palestino em Gaza.


Lula disse o óbvio, mas como lembra a querida Cyntia Fonseca, o óbvio tem que ser dito o tempo todo. Pra que, dentre outras coisas, ver se se tira da letargia a ação que não permite demora.


Nesse caso, interromper o morticínio de mulheres e crianças indefesas no inferno em terra que é a Faixa de Gaza. Um território da extensão de Neves a Guaxindiba, onde vivem mais de 2 milhões de almas, hoje famintas, com medo. Muitas delas com seus corpos mutilados.


E o mundo, antes em silêncio, se mexeu. Os EUA, até domingo refratário a um cessar-fogo, voltou atrás e apresentará resolução nesse sentido na ONU.


A União Europeia também condenou as atrocidades do facínora de extrema-direita, Benyamin Netanyahu, e de sua gangue, agora isolados.


LEIA MAIS


O Vaticano classificou a ação militar de Israel como "carnificina". E a atriz Susan Sarandon defendeu abertamente a fala de Lula, dando um 'que se dane" à patrulha - e à censura! - sionista em Hollywood contra os artistas que se posicionam a favor do povo palestino.


O eixo da geopolítica mundial nesse momento se volta para o Sul Global, e tendo Lula como o seu grande líder. Queira você, ou não. Isso já está posto.


Entonces que, internamente, é hora de passar a limpo as conexões de Israel com o bolsonarismo e com o Evangelistão neopentecostal.


Plus

Para apoiar o posicionamento do presidente Lula, foi criada uma página com um abaixo-assinado que pode ser acessado aqui: https://lulatemrazao.com/


Siga @helcioalbano


Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua. 



Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.


POLÍTICA