top of page

PV fecha com Lula e Alexandre Gomes deve deixar partido

Líder do governo Nelson Ruas (PL) deve anunciar saída da legenda este ano


Por Rodrigo Melo

Alexandre Gomes/Foto: Reprodução TV Câmara
Alexandre Gomes/Foto: Reprodução TV Câmara

O mundo político se movimenta rápido. O Partido Verde (PV) fez reunião ontem (20) com presidentes estaduais da sigla e fechou apoio à candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República.


Além disso, o PV irá participar nas negociações da formação da Federação Partidária. O PT está em conversas também com PSB, PSOL e PCdoB.


O PV possui, na contagem mais recente, 361.452 eleitores filiados. Surgiu na década de 1980 baseado nas tendências ambientalistas.



São Gonçalo

A decisão da cúpula nacional do PV mexe com as peças do tabuleiro da política gonçalense.


Ouve-se nos bastidores que, caso a federação realmente se concretize, o vereador Alexandre Gomes, líder do governo Nelson Ruas (PL), deve deixar a ainda este ano, e se filiar a algum partido que compõe a base do prefeito.


Gomes, que já foi do PRTB e PSB, e exerce seu terceiro mandato, não deve se lançar candidato em 2022.


O vereador vai engrossar as fileiras das campanhas de reeleição do governador Cláudio Castro, do deputado federal Alttineu Cortes e a eleição do filho do prefeito, Douglas Ruas, à Alerj.


Seu colega de partido, o vereador Tião Nanci, que também compõe a base do governo Nelson, por ora, fica onde está.



POLÍTICA