top of page

Um 23 de Abril quase diferente - por Oswaldo Mendes


O novo Sambódromo de Niterói, em foto feita por drone. Foto: Reprodução
O novo Sambódromo de Niterói, em foto feita por drone. Foto: Reprodução

Depois de mais de dois anos a população busca retornar à vida normal. Agora com um quantitativo menor de perdas de vidas em relação à pandemia, mais de 670 mil famílias chorando, sendo 51 nas últimas horas.


O carnaval aconteceu em fevereiro, sem desfiles de blocos ou de escolas de sambas, dentro das regras, como foi em todo o período de pandemia, mas o que poucos sabem é que as agremiações carnavalescas não são apenas aquelas mulheres que aparecem à frente da bateria, é muito mais, os que nunca são clicados, que são os Guardiões das Bandeiras: Galeria das Velhas Guardas.


A Cidade do Samba, onde se agrega as agremiações do Grupo Especial, agora com nova denominação, Série Ouro, será quase impossível encontrar uma dita “rainha de Bateria” em um dia de trabalho, mas sim cozinheiras, soldadores, eletricistas, costureiras, Técnicos de Segurança do Trabalho, Porteiros e diversas outros profissionais. Local de trabalho.


Em função dos desfiles de escolas de sambas, em Niterói (Caminho Niemayer) e Rio (Sambódromo e Intendente Magalhães), no dia de hoje, há muitas, digo até centenas ou até milhares de família com alimento, as redes hoteleiras com mais de 80% de ocupação. Isso é emprego e renda.



Hoje teremos mais apresentação de escolas de samba nos locais acima citados e também festeja-se o Dia de São Jorge. Diversas casas comerciais, agremiações religiosas e Escolas de Samba fazendo eventos.


Salva de Fogos hoje às 05:00 da manhã com o “Toque da Alvorada” na Igreja de São Jorge.

Na data de ontem, por décadas, ouvia-se às 18:00 horas uma salva de fogos no Barro Vermelho. Era o aniversário de um amigo que hoje encontra-se na lembrança de muitos.


Hoje é um dia especial. Talvez o Renascimento de uma Nova Era. Uma Era mais feliz. Onde festejar a vida seja mais importante do que adorar a morte. Festejar a Vida é festejar a Cultura.


São Gonçalo não é uma cidade dormitório, até em função das mudanças que aconteceram em função da pandemia. A Praça da Trindade é um gigantesco pólo de serviços, assim como a do Rocha e do Barro Vermelho. Necessitam de apoio do Poder Público e não repressão.


Criar uma moeda da cidade seria muito bom. Ah! Tamoio. Fica aqui nossa sugestão.

Lembremo-nos que aqui nasceu a Umbanda. Viva Zélio de Moraes.


Vamos participar desta data especial com muito amor e carinho e Salve Ogum.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


Oswaldo Mendes é engenheiro e sambista.



POLÍTICA