top of page

Feira de Agricultura Familiar ganha nova estrutura

A feira conta atualmente com 12 barracas e funciona das 8h às 13h na Rua Salvatori

Produtos são livres de agrotóxicos/Foto: Divulgação
Produtos são livres de agrotóxicos/Foto: Divulgação

A Feira de Agricultura Familiar de São Gonçalo, no Centro, ganhou cara nova nesta terça-feira (10). Os expositores receberam tendas padronizadas, uniformes e crachás de identificação. Quem passa pelo local pode aproveitar para comprar produtos livres de agrotóxicos, como frutas, verduras, legumes e hortaliças. 


À disposição da população sempre às terças e sextas-feiras, das 8h às 13h, a feira conta atualmente com 12 barracas, garantindo oportunidade de renda para os produtores rurais da cidade, como é o caso de Elita de Lima, 59 anos, moradora de Guaxindiba.


- Meu filho do meio adoeceu, foi diagnosticado com esquizofrenia, então surgiu essa oportunidade e me ajudou muito financeiramente. Além disso, meu filho também me acompanha na feira, o que ajuda na parte de reinserção social dele. Sempre trabalhei com agricultura, mas antes eu vendia na minha própria casa para os amigos. Essa mudança nas nossas vidas foi uma benção - explica Elita, que mora com o marido e três filhos em uma agrofloresta em Guaxindiba.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Agricultura, Pesca e Trabalho, Evanildo Barreto, é importante incentivar este setor na cidade.


- Nossa cidade tem muitos agricultores que precisam desta atenção, do apoio do poder público, e é isso que estamos fazendo nos últimos anos. Temos incentivado a agricultura ecológica, sem componentes químicos, para levar alimentos de qualidade para as casas gonçalenses - afirma Evanildo. 


A subsecretária de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Valéria Dias, completa que o governo tem mantido diálogo constante com a categoria, ouvindo as reais necessidades de cada um. "Isso faz com que o agricultor se sinta respeitado e prestigiado pelo poder público municipal, pois está sendo ouvido. E foi através deste método de trabalho que avançamos", explica.


A feira conta com apoio do Iterj (Instituto de Terras do Estado do Rio de Janeiro), Associação dos Assentados da Fazenda Engenho Novo, Emater-RJ e Sindicato dos Produtores Rurais.  

Serviço

Local: Rua Salvatori, Centro

Data: terça e sexta-feira

Horário: 8h às 13h


POLÍTICA