top of page

Governo Lula leva surra narrativa da extrema-direita sobre tragédia no RS

Por Helcio Albano

Lula e o governador Leite/Arte sobre a foto de Ricardo Stuckert
Lula e o governador Leite/Arte sobre a foto de Ricardo Stuckert

O padrão mudou. O governo Lula pode fazer o que for pra socorrer o RS que mesmo assim será achincalhado e desacreditado. Não importa o perdão da dívida do estado, as dezenas de bilhões de antecipações da União, a mobilização de milhares de servidores federais das três forças nas ações de resgate de desalojados e desaparecidos.


Nada, nada disso é capaz de sensibilizar a canalha bolsonarista que trabalha 24 horas por dia pra criar mentiras e cizânia entre o povo gaúcho e brasileiro.


Mas [há sempre um mas..] o governo federal precisa entender que o padrão de comunicação política mudou. Imagens de reuniões com ministros, de assinaturas de documentos com as ações pra o RS são importantes e necessárias, mas há que se ir além.


Onde está a juventude, que poderia cobrir em tempo real as ações do governo com linguagem ágil e informal nas redes sociais e, de quebra, combater as fake news?


LEIA MAIS


Por que a TV Brasil não criou um esquema de cobertura "full time" do tema, entrevistando especialistas, produzindo reportagens especiais, tanto no Brasil como no exterior, já que lidamos com uma emergência climática global?


Nada disso está sendo feito mesmo com todo o instrumental à mão. O resultado? Mais uma surra narrativa da extrema-direita que conseguiu emplacar o "povo pelo povo", como se o Estado fosse o malvadão da história. Inacreditável.


Em qualquer lugar onde haja desastres, os voluntários são convocados como linhas auxiliares do Estado, que é quem detém insumos, equipamentos e logística para mitigar os efeitos nocivos das tragédias.


O governo deve ser transferido para o RS e aprender no campo de batalha gaúcho como deve ser feita a guerra comunicacional com a extrema-direita.


Nos siga no BlueSky AQUI.

Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI.

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI.


Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Helcio Albano é jornalista e editor-chefe do Jornal Daki.

POLÍTICA

KOTIDIANO