top of page

O pregador - por Rubenir Pedro Ru


Foto: Acervo pessoal
Foto: Acervo pessoal

Bom dia, boa tarde, boa noite!


Amigos e amigas do Jornal Daki, este mês é o das missões. Viajando no tempo, lembrei da canção que compus para participar no 1° Festival da Música Religiosa do Gradim (Femurg), que aconteceu no ano de 1992, na Paróquia de N. Sra do Perpétuo Socorro e S. José Operário (SG/RJ) onde vários grupos de jovens, bandas e ministérios de músicas gonçalenses abrilhantaram com forte emoção dando grandes contribuições em forma de poesia e músicas.


Foram vários dias de preparação e durante três finais de semanas no Barracão do Karaokê (terreno em frente a igreja) foi realizado o Festival. Confesso que a saudade bateu forte no peito em recordar aqueles jovens que dispuseram seus dons artísticos para testemunhar a missão de todos cristãos no mundo. Missão essa de levar amor, perdão, solidariedade, alegria e afeição. Homenageio alguns que já não estão entre nós, cumpriram suas missões aqui.



Alegro-me em saber de outros que se realizaram construindo família ou indo para uma vida consagrada. Momentos bons e felizes. A música de hoje me remete a esse tempo memorável onde a interpretação de José Luiz Furtado e banda ganhou o festival. Seria muito bom que voltasse essa cultura de festivais. Seja de música, poesia, teatro, confeitaria, redação, pintura ou qualquer movimento atraindo jovens e adultos nesses tempos de muita individualidade.


Oro por isso!

O Pregador


Contaram os anos

Depois que Ele nasceu

E está escrito,

Tudo que Ele, Ele

Ele ensinou!

Como bom filho

Ele então cresceu!


Foi um pregador

Um homem como eu!


Também viu guerras

Teve fome, e até chorou!

E com peixe e pão

Uma multidão alimentou!

Falava ao pobre,

Ao sábio e ao doutor!

Pede o fim da violência

Quer Justiça, paz e amor

Pede o fim da violência

Quer Justiça

Sim senhor!


Ele é nobre

E como Rei, pro céu voltou,

Faz milagres ainda hoje,

e a nossa vida transformou

Faz milagres

Agora e sempre.

E a minha vida Ele mudou!



E cabe a nós,

E cabe a nós irmãos continuar

Sua pregação!

Ensinando a toda gente

Por cidades e continentes

Na força da fé e da oração

Que Ele um dia

Um dia, um dia ensinou!


Pai nosso, meu Senhor!

Pai nosso, ouça o meu clamor!

Pai nosso que está no céu!


Pai nosso! Ouça meu clamor

Pai nosso, ouça meu Senhor!

Pai nosso que estais no céu!


Comigo, contigo, conosco

Comigo, contigo, convosco

Amém!!!

Pai nosso…

Jesus…


Rubenir Rocha (1992-2022)


 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.

Rubenir Rocha – Pedro Ru é Poeta Musical e membro do Coletivo ELA – Educação Liberdade para Aprender / Facebook e Instagram: Rubenir Pedro Ru. Programa Clarins do Povo – Rádio Jornal 1340 AM = https://www.radios.com.br/aovivo/radio-jornal-1340-am