top of page

Oficina de sonhos

Por Rubenir Pedro Ru

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay



A todos os colaboradores, amigos e leitores do Jornal Daki, bom dia, boa tarde, boa noite!

A poesia dessa semana foi escrita em um momento de reflexão sobre um espaço que receberia todas e quaisquer formas culturais.

Tem uma linguagem própria da época.

Um sonho onde esse espaço daria visibilidade reais aos fazedores de cultura, em especial aos profissionais da cultura popular.

Era um período de ansiedade onde os espaços culturais estavam capitaneados por pequenos grupos.

A urgência de se comunicar era e ainda continua sendo a principal dificuldade dos artistas populares.

A rádio comunitária era um ponto de encontro. Um local onde a voz, a vez, a todos parecia alavancar o que faltava.

Hoje existem a internet com as mídias e redes sociais.

Existem dificuldades? Sim. Mas não se compara ao fim do século passado.

No meio das discussões sobre Lei Paulo Gustavo, Lei Rouanet, Lei de Audiovisual, Lei Aldir Blanc e outras leis municipais e estaduais, é importante percebermos que a cultura popular brasileira está avançando.

Estamos a poucas semanas que antecedem a festa com maior popularidade no Brasil que é o Carnaval. Festa do povo!

Que todos aproveitem e que vivamos as nossas fantasias com alegria, saúde e paz!



Oficina de sonhos

 

Oficina de sonhos

Espaço onde reunimos

Todo tipo de gente

Poetas, cantores, atores

Cientistas, loucos e indígenas!

 

Local de cores frias.

Quentes e coloridas

de silêncio e euforia!

 

Lágrimas e harmonia!

Memorial de artífices da vida.

Escritores, compositores e

todo tipo de artistas!

 

Deixar e poder viver

Pensemos, pensemos com o cérebro.

Mente aberta a toda cultura.

Direitos, deveres, ética, posturas.

soberania no pensar e criar!

 

Ter sonhos realizados.

Pois o pensamento é sagrado!

E não é proibido sonhar

em construir um mundo melhor

mais democrático e humano!

 

Não! Não é museu!

Nem “coisa de índio…”

 

Esperança brasileira!

Que de terra, ar, vez, voz e paz, anceia!


Rubenir Pedro Ru (1996-2023)



Entre no nosso grupo de WhatsApp AQUI

Entre no nosso grupo do Telegram AQUI

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


Rubenir Rocha – Pedro Ru é Poeta Musical e membro do Coletivo ELA – Educação Liberdade para Aprender / Facebook e Instagram: Rubenir Pedro Ru. Programa Clarins do Povo – https://www.facebook.com/rubenir.pedroru

 

POLÍTICA