top of page

100 mil doses de vacinas perto do vencimento podem ser jogadas fora no Rio

Para reverter o quadro, nesta quinta (28), a prefeitura liberou todos com mais de 18 anos para tomarem a quarta dose


Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

Brasil de Fato - No Estado do Rio de Janeiro, os estoques de vacina contra covid estão sobrando, correndo o risco de passarem da validade e serem jogados fora. Só na capital, 3,3 milhões de pessoas estão com o esquema de proteção incompleto e 100 mil doses de AstraZeneca têm prazo de validade que expira na próxima terça (2), segundo dados levantados pela reportagem do jornal Extra.


Enquanto os pacientes não aparecem, a Secretaria municipal de Saúde adota estratégias para ampliar o alcance da segunda aplicação de reforço. Nesta quinta-feira (28), a prefeitura liberou todas as pessoas com mais de 18 anos para tomar a quarta dose, desde que tenha mais de quatro meses da última vacina.


Desde o início da pandemia, no estado, as perdas somam 0,3% das 44 milhões de doses recebidas pelos 92 municípios fluminenses. Um total de 151 mil doses no lixo, segundo a Secretaria estadual de Saúde.




Apesar das vacinas que sobram, houve falta de doses nos últimos dias. De acordo com o Extra, alguns postos ficaram sem doses da Pfizer pediátrica, indicada para a faixa de 5 a 11 anos. A situação começou a ser normalizada na última quarta (27), após a rede municipal de saúde receber 55.180 unidades do Ministério da Saúde.


Sem a Pfizer, a única vacina disponibilizada para crianças de 3 a 11 anos era a CoronaVac. Por isso, a SMS explicou que deixou de oferecer a vacina para adultos e adolescentes.

 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.