top of page

Tiroteio deixa cinco feridos no show de Maiara e Maraisa em Angra (RJ)

Duas pessoas ficaram gravemente feridos e a polícia ainda tenta compreender em que circunstâncias o crime ocorreu


Foto: Espectador socorre vítima baleada após show (Redes sociais)
Foto: Espectador socorre vítima baleada após show (Redes sociais)

O show da dupla sertaneja Maiara e Maraisa em Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro, em comemoração ao aniversário da cidade, terminou com um tiroteio que deixou cinco pessoas feridas, duas delas em estado grave. Um rapaz recebeu um tiro à queima-roupa no pescoço, enquanto uma jovem foi atingida na cabeça.


O evento, que reuniu um grande público na praia do Anil, começou na noite de quinta (6) e acabou na madrugada. Assim que a apresentação se encerrou, uma briga foi registrada em vídeo pelos espectadores e então são ouvidos tiros.




Testemunhas ouvidas pelas polícia e que publicaram relatos em redes sociais dão duas versões para os disparos. Algumas afirmam que os tiros foram em reação a uma briga, enquanto outras garantem que o autor passou pelo local e disparou aleatoriamente, sem ter um motivo ou um alvo específico.


“A Polícia Civil está investigando o caso para descobrir a autoria e a motivação do crime. Já conseguimos levantar informação de que marginais, de grupos rivais, teriam se encontrado e um deles teria efetuado os disparos. Acredita-se que eles tenham se deparado de forma aleatória, vindo o autor efetuar disparos contra um desafeto, e naquele cenário de aglomeração, acabou atingindo diversas pessoas”, disse o delegado de Angra dos Reis ao portal UOL.




A assessoria da dupla Maiara e Maraisa informou à imprensa que as artistas já não se encontravam mais no local quando aconteceu o crime e disse que as sertanejas lamentam a violência ocorrida.


Veja imagens da confusão e dos tiros:
























 

Ajude a fortalecer nosso jornalismo independente contribuindo com a campanha 'Sou Daki e Apoio' de financiamento coletivo do Jornal Daki. Clique AQUI e contribua.


POLÍTICA