Buscar

Servidores 'fizeram barulho' em frente à prefeitura nesta manhã

Funcionalismo acumula perdas de 18% no salário e exige plano de carreira


Por Rodrigo Melo

Motoristas buzinavam em apoio ao ato/Foto: Jornal Daki

Centenas de servidores públicos de diversas secretarias da prefeitura de São Gonçalo fizeram manifestação hoje (10/9) pela manhã nas escadarias de sede do executivo, no Centro.


Como prometido em convocações nas redes sociais para o ato, os trabalhadores "fizeram barulho" com gritos de ordem, tambores e apitaços pela reposição de 18% das perdas salariais desde 2015 e pela implantação de um Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS) que contemple todo o funcionalismo. Atualmente apenas o magistério possui um plano de carreira ativo.


- Fizemos um estudo que prova 18% de perda salarial desde 2015. O governo afirma ter feito reajuste de 7% no final do ano passado, mas não cita esse passivo que nos obrigou a judicializar essa pendência através de ação no Ministério Público. A população precisa saber o que está acontecendo - disse Ewerton Luiz, vice-presidente do sindicato (Sindspef-SG) que organizou a manifestação.

Sobre o PCCS, os servidores afirmam ser uma reivindicação antiga, mas recentemente ganhou corpo após uma série de minirreformas administrativas a partir de 2017 que retiraram gratificações incorporadas há anos aos salários.


O governo retirou as gratificações alegando inconstitucionalidade do benefício e, em troca, elaboraria junto aos servidores um plano de cargos e salários justo para compensar as perdas. É isso que cobramos. Tem servidor ativo e inativo que perdeu mais da metade da sua renda - Ewerton Luiz.

O ato de hoje faz parte da Campanha Salarial promovida pelo Sindspef. Segundo o sindicato, a prefeitura, em ação sem precedentes após a redemocratização em 1988, tentou restringir a manifestação na Justiça através de pedido da Procuradoria do município.


Entre ontem e o final da manhã de hoje, a manifestação já tinha interagido e mobilizado mais de 10 mil pessoas só nas redes sociais do sindicato.


Em nota, a prefeitura informa que o atual governo tem se empenhado para buscar avanços que contemplem os servidores municipais da cidade.


MV1.2.jpg
MALUGA_2.jpg

© 2020 POR APOLOGIA BRASIL

  • w-facebook
  • Instagram
  • White Twitter Icon