top of page

'Vai pra Cuba Ronald McDonald's!' Mulher surta com banheiros da rede de fast food

"Tem que fechar essa imundice comunista!", exclamou em vídeo uma mulher, apelidada nas redes sociais de "dona Maria", ao ver banheiros unissex em uma unidade da lanchonete em Bauru (SP); confira

Bolsonaristas estão chamando o Mc Donald's de "comunista" (Reprodução)
Bolsonaristas estão chamando o Mc Donald's de "comunista" (Reprodução)

De Fórum - Um dos maiores símbolos do capitalismo do mundo, a rede de fast food Mc Donald’s está sendo chamada de “comunista” por bolsonaristas. A grita contra a lanchonete do palhaço começou a partir do vídeo gravado por uma mulher mostrando os banheiros de uma unidade da rede em Bauru, interior de São Paulo.


Apelidada por internautas de “dona Maria”, a mulher se mostra revoltada com o fato da lanchonete possuir banheiros unissex.



“Todos os banheiros, ó! Tem que fechar essa imundice comunista. Aqui é em Bauru. Não admito isso na minha cidade! Não quero usar banheiro com homem, mulher, com todo mundo que usa banheiro”, diz ela, desconcertada.


“Fiscalizem os banheiros públicos de sua cidade (…) É o comunismo na nossa cidade de Bauru. Uma vergonha isso”, dispara ainda a mulher, se “esquecendo” que o Mc Donald’s é uma rede privada e, portanto, não possui banheiros “públicos”.



Outros bolsonaristas endossaram as críticas de “dona Maria”. “É, eu e minha família não frequentaremos mais o Mc Donalds olha a situação dos banheiros não da”, escreveu um usuário do Twitter.


“É isso que o MC Donald’s está querendo, colocar homens e meninas no mesmo banheiro”, comentou outro internauta.


A maior parte da repercussão, no entanto, partiu de pessoas caçoando e ironizando a revolta dos bolsonaristas com banheiro de lanchonete.


Confira, abaixo, parte da discussão sobre o assunto.






POLÍTICA