top of page

SG faz workshop de empreendedorismo feminino no Catarina

A atividade, que iniciou na última sexta-feira (23), será quinzenal

Na busca por alternativas para complementar a renda, as mulheres têm se destacado cada vez mais no mercado empreendedor. O empreendedorismo feminino é um movimento de transformação social e para incentivá-lo, o Programa de Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho), através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, está oferecendo um workshop para as usuárias do Centro Dia do Idoso e do Centro de Referência e Assistência Social para o Idoso, Mulher e Pessoa com deficiência, no Jardim Catarina.


A atividade, que iniciou na última sexta-feira (23), será quinzenal e dividida em três aulas que abordarão temas relacionados ao mercado de trabalho como “economia solidária”, “competências pessoais” e “habilidades sociais e o mundo do trabalho”. As aulas serão ministradas pela pedagoga do programa, Janete Nazareth, que acredita que a iniciativa possa proporcionar uma nova visão de trabalho e renda para essas mulheres.

- A importância da realização do programa para as usuárias do Centro Dia e do Centro de Referência é possibilitar novas estratégias de atuação para essas empreendedoras ou para as que estão desejando criar novos negócios que visam gerar renda. A cada novo encontro desse workshop, buscamos proporcionar um ambiente de troca que estimule um processo de aprendizagem significativo e diferenciado - explicou Janete.


A aposentada Decinei Monteiro, de 64 anos, participa da oficina de artesanato que é oferecida no equipamento. Aluna do workshop, ela pretende alinhar os ensinamentos do workshop junto aos aprendizados com as aulas da oficina para criar seus produtos e gerar renda.


- Sou aposentada e estava parada em casa. As oficinas de artesanato têm me ajudado muito, principalmente a minha saúde mental. Futuramente essa oficina terá um fim lucrativo para me ajudar com as minhas despesas e essas aulas de empreendedorismo serão essencial para me ajudar a conduzir o meu negócio corretamente - afirmou Decinei.


POLÍTICA